Weby shortcut
Youtubeplay
Você conhece o que é um Torno Mecânico?

Curiosidades da área de Mecânica.

Por Sidney Neves. Criada em 26/05/17 12:07. Atualizada em 31/05/17 14:42.

Você conhece o que é um torno mecânico?

Torno mecânico

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Torno_mec%C3%A2nico
Torno mecânico

Torno mecânico é uma máquina-ferramenta que permite usinar peças de forma geométrica de revolução. Estas máquinas-ferramenta operam fazendo girar a peça a usinar presa em um cabeçote placa de 3 ou 4 castanhas, esta tendo as castanhas individuais, ou fixadas entre os contra-pontos de centragem enquanto uma ou diversas ferramentas de corte são pressionadas em um movimento regulável de avanço de encontro à superfície da peça, removendo material, chamado cavaco, de acordo com as condições técnicas adequadas.  O Torno Mecânico é uma máquina operatriz extremamente versátil utilizada na confecção ou acabamento em peças. Para isso, utiliza-se de placas para fixação da peça a ser trabalhada. Essas placas podem ser de três castanhas, se a peça for cilíndrica, ou quatro castanhas, se o perfil da peça for retangular.

Esta máquina-ferramenta permite a usinagem de variados componentes mecânicos: possibilita a transformação do material em estado bruto, em peças que podem ter seções circulares, e quaisquer combinações destas seções.

Basicamente é composto de uma unidade em forma de caixa que sustenta uma estrutura chamada cabeçote fixo. A composição da máquina contém ainda duas superfícies orientadoras chamadas barramento, que por exigências de durabilidade e precisão são temperadas e retificadas. O barramento é a base de um torno, pois sustenta a maioria de seus acessórios, como lunetas, cabeçote fixo e móvel, etc. Para movimentos longitudinais, um torno básico têm um carro principal e um carro auxiliar para movimentos precisos e para movimentos horizontais um carro transversal.

Através deste equipamento é possível confeccionar eixos, polias, pinos, qualquer tipo possível e imaginável de roscas, peças cilíndricas internas e externas, além de cones, esferas e os mais diversos e estranhos formatos.

Com o acoplamento de diversos acessórios, alguns mais comuns, outros menos, o torno mecânico pode ainda desempenhar as funções de outras máquinas ferramentas, como fresadora, plaina, retífica ou furadeira.

Pelo desenvolvimento do torno mecânico, a humanidade adquiriu as máquinas necessárias ao seu crescimento tecnológico, desde a medicina até a indústria espacial. O torno mecânico é a máquina que está na base da ciência metalúrgica, e é considerada a máquina ferramenta mais antiga e importante ainda em uso.

 

A operação de torneamento

Técnico Weterson operando torno mecânico no Cemeq.

O torneamento é a operação realizada pelo torno. Trata-se da combinação de dois movimentos: rotação da peça e movimento de avanço da ferramenta. Em algumas aplicações, a peça pode ser estacionária, com a ferramenta girando ao seu redor para cortá-la, mas basicamente o princípio é o mesmo. O movimento de avanço da ferramenta pode ser ao longo da peça, o que significa que o diâmetro da peça será torneado para um tamanho menor. Alternativamente a ferramenta pode avançar em direção ao centro, para o final da peça, o que significa que a peça será faceada.

O torneamento pode ser decomposto em diversos cortes básicos para a seleção de tipos de ferramentas, dados de corte e também para a programação de certas operações. Estamos nos referindo principalmente ao torneamento externo, mas é importante lembrar que existem outras operações mais específicas, como rosqueamento, ranhuramento e mandrilamento.

São combinações das direções de avanço e rotação que podem resultar em superfícies cônicas ou curvas, com as quais as unidades de controle dos tornos CNC atuais podem lidar por meio de muitas possibilidades de programas.

As fases do Torneamento são: furo de centro, cilíndrico; broqueamento - furos cilindricos em buchas e engrenagens).

Ferramentas de Corte - desbaste - ferro sem bico ou ponta arredondada.

Furação feita em torno - utiliza-se o fluido de corte

Cuidados com a segurança

Extremo cuidado é necessário ao operar este tipo de máquina, pois por ter suas partes giratórias, necessariamente expostas, pode provocar graves acidentes. Você não pode utilizar luvas, correntes, anel, roupas com mangas compridas e folgadas para não haver risco de acidente. Ainda sobre vestimentas, é importante que o operador não use roupas com fios soltos ou desfiadas, pois existe o risco que este fio se enrole no eixo giratório e cause acidentes. As castanhas necessariamente devem ficar protegidas com anteparos, preferencialmente, transparentes, como Policarbonato, e ter um sistema de antitravamento de segurança. EPIs: Óculos de proteção. Após o uso realizar a limpeza da máquina.

Classificação

Este equipamento também possui uma classificação em relação ao trabalho efetuado:

Torno CNC
máquina na qual o processo de usinagem é feita por comando numérico computadorizado (CNC) através de coordenadas X (vertical) e Z (longitudinal). Sua grande vantagem em relação ao torno mecânico é o acabamento e o tempo de produção.
Torno revólver
torno que tem como característica a fabricação em série de peça com auxílio do cabeçote móvel que vem adaptado a várias ferramentas diferentes para executar processos de usinagem com rapidez, em peças pequenas (ex: buchas).
Torno vertical
usado para trabalhar com peças com um diâmetro elevado;
Torno horizontal universal
usado para várias funções principalmente em peças de pequeno diâmetro e grande comprimento.
Torno de platô
Em geral de eixo horizontal, serve para tornear peças curtas, porém de grande diâmetro.:

História do Torno Mecânico.

Fonte: https://tecmecanico.blogspot.com.br/2011/09/torno.html

O torno mecânico é uma máquina-ferramenta que trabalha com movimento de rotação de uma peça geralmente cilíndrica e uma ferramenta que tem apenas uma aresta cortante.
O torno que vemos ao lado é o resultado de um longo processo evolutivo. Costumamos dizer que o torno é o pai de todas as máquinas ferramentas, na verdade, com algumas modificações, ele consegue realizar trabalhos que fazemos em fresadoras, retificas, furadeiras, etc.
Vamos dar uma olhada em como esta máquina evoluiu para se tornar uma das principais máquinas nas oficinas de usinagem do mundo inteiro:

Tornos antigos

Tratava-se de uma corda com uma das pontas amarrada na ponta de um galho ou uma vara e a outra ponta enrolada na peça. O trabalho era realizado quando a o galho subia e puxava a corda fazendo a peça girar.Torno de Vara. Tratava-se de uma corda com uma das pontas amarrada na ponta de um galho ou uma vara e a outra ponta enrolada na peça. O trabalho era realizado quando a o galho subia e puxava a corda fazendo a peça girar.

Este torno precisava de duas pessoas para ser operado. Enquanto um servo girava a polia, uma correia movimentava um fuso onde a peça era presa. Um artesão, o operador do torno, segurava a ferramenta com as mãos e cortava o material. Torno de Fuso. Este torno precisava de duas pessoas para ser operado. Enquanto um servo girava a polia, uma correia movimentava um fuso onde a peça era presa. Um artesão, o operador do torno, segurava a ferramenta com as mãos e cortava o material.

Torno Leonardo da Vinci.Torno Leonardo da Vinci. Até mesmo o gênio italiano Leonardo da Vinci deu sua parcela de contribuição no processo evolutivo do torno. Ele projetou um torno que poderia ser operado por uma única pessoa e trabalhava com movimento de rotação contínuo. O sistema motriz é parecido com o de uma máquina de costura.

Torno Paralelo.

Em meados do século XIX, dois inventores ingleses, Henry Maudslay e Joseph Whitworth, colocaram vários acessórios nos tornos da época, o que proporcionou um grande avanço na produção de peças torneadas. Eles criaram o porta-ferramentas (que possibilitou trabalhar com materiais mais duros pois o torneiro não precisaria mais segurar as peças com as mãos), o recambio e o fuso para avanços automáticos, acoplaram o torno a um motor a vapor e adicionaram uma polia escalonada para fazer troca de rotações.

 A partir deste momento os tornos foram apenas se especializando em algum tipo de aplicação, surgindo as seguintes variações:

 https://tecmecanico.blogspot.com.br/2011/09/torno.html

 Torno Paralelo Torno de Placa.

Indicado para trabalhar com peças de grande diâmetro, a altura da ponta em relação ao barramento é bem grande.
Torno vertical Torno Vertical. É utilizado para trabalhar com peças pesadas. Recebe este nome devido à posição do seu eixo árvore.
Torno Revolver Torno Revolver. É um torno semi-automatizado. Possui uma torre que aloja várias ferramentas, o que traz grande praticidade durante sua operação.
Torno CNC. É uma máquina operatriz que trabalha em conjunto com um unidade de comando, um computador. Interpretando uma linguagem específica, a máquina usina a peça programada.

Partes do Torno Mecânico

Torno Mecânico.

Referências

Fontes: Wikipédia https://pt.wikipedia.org/wiki/Torno_mec%C3%A2nico. Escola de Usinagem. «Torneiro Mecânico Iniciante - Nível 1» (PDF). e Site: https://tecmecanico.blogspot.com.br/2011/09/torno.html

Fonte : Wikipédia, a enciclopédia livre; Escola de Usinagem e Site Tecmecânico.

Categorias : Conhecimento

Listar Todas Voltar